Esportes

Bia e Branca vão à Olimpíada com programa: "Primeira como espectadora"

Bia e Branca Feres, que representaram o Brasil no nado sincronizado em diversas competições, estão esperando a Olimpíada de Tóquio 2020. Mas, dessa vez, elas não irão como atletas. A cinco meses da competição no Japão, as gêmeas se preparam para a cobertura pelo programa "Lado B", da BandSports.

"É o maior evento do mundo! Ninguém vai para a vila para transar [como as pessoas pensam]. Óbvio que as pessoas são muito lindas e tem festas. Mas a gente nem olha para o lado!", disse Bia à Quem. "Acompanho todas as modalidades. Meus amigos são desse mundo. Vai ser a primeira Olimpíada como espectadora, estou muito empolgada!", completou a ex-atleta.

Relacionadas

Olimpíada de Tóquio terá coleção de brinquedos em parceria com a Mattel

Brasileira vice-campeã mundial de skate encanta Tony Hawk em prêmio

Klopp quer conversar com Salah para discutir liberação para Olimpíada

As irmãs gêmeas deixaram a seleção brasileira de nado sincronizado logo após a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, quando a equipe passou por uma renovação.

A estreia na BandSports começou pouco antes dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, já em preparação da emissora para a transmissão dos jogos olímpicos.