Esportes

Atlético-MG pagará contratação de Guilherme Arana em três parcelas anuais

O Atlético-MG tem tudo certo para anunciar a contratação de Guilherme Arana — em uma negociação que deve chegar às cifras de cinco milhões de euros (R$ 23 milhões). Esperado em Belo Horizonte na terça-feira (28), o lateral esquerdo chega à Cidade do Galo inicialmente por empréstimo de duas temporadas, avaliado em três milhões de euros (R$ 13,8 milhões na cotação atual). Depois, se participar de 60% dos jogos do time neste período, ele terá que ser comprado por mais dois milhões de euros (R$ 9,2 milhões).

O pagamento do empréstimo ao Sevilla será dividido em duas prestações idênticas. O Galo terá que pagar 1,5 milhão de euros (R$ 6,92 milhões) como entrada. A segunda parte será paga no segundo ano do contrato de empréstimo do atleta, com uma parcela do mesmo valor — 1,5 milhão de euros.

Depois disso, se Arana disputar 60% dos jogos do time nos dois anos, o Atlético será obrigado a comprá-lo por dois milhões de euros. O valor precisa ser pago à vista ao clube espanhol e dará aos mineiros 90% dos direitos econômicos do defensor.

Guilherme Arana é o quinto reforço do Atlético para 2020. O lateral esquerdo pertence ao Sevilla e tem contrato com o clube até 30 de junho de 2022. A sua mudança para a Cidade do Galo é bancada por um parceiro do clube. Revelado pelo Corinthians, o jogador será o terceiro lateral esquerdo do elenco comandado por Rafael Dudamel. Hoje, o técnico conta com Fábio Santos e Lucas Hernández.

A informação sobre os moldes do acordo foi divulgada inicialmente pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte com uma fonte diretamente ligada à negociação do jovem de 22 anos.