Esportes

Apresentador Armando Gomes morre aos 76 anos

O jornalista esportivo Armando Gomes Vieira Filho morreu na manhã de hoje, em São Paulo. Aos 76 anos, o apresentador e radialista estava internado havia cerca de dois meses no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, e lutava contra um câncer. A informação foi veículada pela Santa Cecília TV, onde ele apresentava o programa "Esporte por Esporte", e confirmada pelo UOL Esporte com a esposa do jornalista.

Segundo a esposa Laura Vieira, Armando retirou um tumor no ano passado, mas infelizmente não resistiu ao tratamento contra o câncer. Ele estava internado há cerca de um mês no hospital da capital paulista.

Armando Gomes deixa a mulher Laura e os filhos Victor e Vinícius. O velório do jornalista acontece ainda neste domingo (26), às 16 horas, no Memorial Necrópole. Às 17h30 terá um cortejo na Vila Belmiro e uma hora e meia depois, um retorno para sepultamento no Memorial Necrópole.

O jornalista esportivo começou a carreira como repórter e, posteriormente, narrador. Armando Gomes transmitiu o jogo do milésimo gol de Pelé em novembro de 1969, na vitória sobre o Vasco, no Maracanã.

Figura conhecida da torcida do Santos, o jornalista ganhou, inclusive, o nome da sala de imprensa da Vila Belmiro e também fez parte do Conselho Deliberativo do clube.

O Santos usou as redes sociais para homenagear Armando. "O clube manifesta os sentimentos aos familiares e amigos", escreveu.

Armando Gomes nasceu em Santos. O jornalista era de família de radialistas e, por isso, não demorou para estrear nos microfones.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que informado anteriormente, Armando Gomes morreu aos 76 anos e não 77. O erro foi corrigido.