Esportes

AO, dia 6: Nadal reduz erros e vai às oitavas; duas top 10 dão adeus

O sábado que marca a definição das oitavas de final do Australian Open começou com muito calor e a eliminação de duas top 10: Karolina Pliskova, número 2 do mundo, e Belinda Bencic, #7. Entre os mais cotados ao título, contudo, Simona Halep e Rafael Nadal venceram com folga.

O espanhol, que vinha de uma atuação abaixo da média diante do argentino Federico Delbonis, quando cometeu 29 erros não forçados e desperdiçou 17 break points, entrou na Rod Laver Arena mais afiado. Diante do compatriota espanhol Pablo Carreño Busta (#30), o número 1 do mundo anotou uma quebra de saque logo no primeira game de serviço do oponente e disparou no placar para fazer 6/1 na primeira parcial.

O segundo set foi mais do mesmo. Com uma quebra no primeiro game, Rafa tomou logo a dianteira, sem dar chances a Carreño Busta. Com o favorito mais sólido do fundo de quadra e colocando mais devoluções em jogo, o azarão não teve muito a fazer. No fim, o placar registrou 6/1, 6/2 e 6/4. Nadal terminou a partida com 5/10 no aproveitamento de break points e acumulou apenas sete erros não forçados (com 42 winners).

Seu próximo adversário no torneio, em jogo que vale vaga nas quartas de final, será o vencedor do esperado duelo entre o russo Karen Khachanov (#17) e o australiano Nick Kyrgios (#26). Eles se enfrentam ainda neste sábado.

Halep avança, Pliskova e Bencic dão adeus

A sessão diurna deste sábado também registrou as quedas de duas top 10. A primeira a se despedir foi Karolina Pliskova, vice-líder do ranking, que fez uma partida longa e equilibrada com Anastasia Pavlyuchenkova (#30), mas acabou derrotada em dois tie-breaks: 7/6(4) e 7/6(3).

A tenista russa, que recentemente passou a trabalhar com o técnico francês Sam Sumyk - o mesmo que levou Azarenka ao topo do ranking e Muguruza a dois títulos de slam - jamais havia superado Pliskova em seis duelos. Ela agora avança para as oitavas de final para enfrentar a alemã Angelique Kerber (#18), que suou, mas bateu a italiana Camila Giorgi (#102) por 6/2, 6/7(4) e 6/3.

Pouco depois, foi a vez de Belinda Bencic (#7) dar adeus de maneira surpreendente. A suíça, que vinha de uma bela vitória sobre Jelena Ostapenko, venceu apenas um game nesta sábado, diante de Annet Kontaveit (#31): 6/0 e 6/1. A estoniana agora vai duelar com outra tenista que vem de vitória sobre uma cabeça de chave: a polonesa Iga Swiatek (#56), que eliminou a croata Donna Vekic (#20) por 7/5 e 6/3. A jovem de 18 anos, que não atuava desde o US Open do ano passado por causa de uma fratura por estresse no pé direito, está nas oitavas de um slam pela segunda vez na carreira. Ela e a americana Cori Gauff, de 15 anos, são as únicas duas adolescentes na chave feminina neste momento.

Quem não decepcionou foi a ex-número 1 e atual #3 do mundo, Simona Halep. A romena voltou a avançar em sets diretos ao dominar as ações e superar de forma confortável a cazaque Yulia Putintseva (#38) por 6/1 e 6/4. Simona teve seu saque quebrado uma vez em cada parcial, mas esteve sempre à frente no placar. Sem perder sets no torneio, ela passa às oitavas para encarar a vencedora do jogo entre a belga Elise Mertens (#17) e a americana Cici Bellis (#600), que volta ao circuito após quatro cirurgias no braço direito.

Torne-se um apoiador do blog e tenha acesso a conteúdo exclusivo (posts, podcasts e newsletters semanais) e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.