Esportes

Amigo especial de Paolla Oliveira já trabalhou com tenistas brasileiros

Amigo especial de Paolla Oliveira já trabalhou com tenistas brasileiros

Apontado como um suposto affair da atriz Paolla Oliveira após ter sido fotografado ao lado dela em bloquinhos e em ensaio de escola de samba dias antes do Carnaval, o coach Douglas Maluf é conhecido no meio esportivo devido ao seu trabalho com o tenista Thomaz Bellucci.

Coach de famosos, com um método de inteligência emocional, ele já teve como clientes a apresentadora Angélica, além do produtor teatral Léo Fuchs, o ator Sergio Guizé e as atrizes Carolina Dieckmann, Claudia Raia, Fernanda Souza, Grazi Massafera, Juliana Silveira e Paolla Oliveira.

Relacionadas

Ex-número 1 do tênis, Marcelo Rios acusa ATP de encobrir doping de Agassi

Paolla Oliveira e suposto affair são fotografados em ensaio da Grande Rio

Paolla Oliveira se diz pronta para Sapucaí: "Sem pretensão de ser perfeita"

Mas antes do trabalho com estrelas do meio artístico, Maluf se notabilizou por atuar com atletas, e Thomaz Bellucci, ex-número um do tênis brasileiro, foi o caso mais conhecido. O tenista contou com o trabalho do profissional entre fevereiro e agosto de 2016, quando visava a participação nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Maluf viajou com Bellucci para torneios durante o período em que o tenista obteve o título do Challenger de Braunschweig, na Alemanha, além de um vice-campeonato em Biella, na Itália, e também esteve presente num duelo pela Copa Davis entre Brasil e Equador, quando as duas vitórias do brasileiro garantiram o triunfo da equipe em Belo Horizonte.

O jogo que ficou mais marcado no período foi contra o sérvio Novak Djokovic, no Masters 1000 de Roma, quando Bellucci aplicou um raro 'pneu' no então número 1 do mundo, fazendo 6-0 no primeiro set, mas acabou derrotado de virada no jogo.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Competição que marcou o fim da parceria, os Jogos Olímpicos Rio-2016 tiveram uma campanha surpreendente de Bellucci, que mesmo não vindo em uma temporada em seu mais alto nível, venceu jogos contra o uruguaio Pablo Cuevas, então 21º do mundo, e o belga David Goffin, 13º, para alcançar as quartas de final, quando perdeu de virada para o espanhol Rafael Nadal.

Depois de Bellucci, o coach chegou a trabalhar durante o ano de 2018 com Rogerio Dutra Silva, outro tenista que competiu nos Jogos Olímpicos do Rio.

Afastados de Douglas Maluf, ambos os tenistas mantiveram boas relações pessoais com o coach, mas tiveram problemas em suas carreiras, com lesões e quedas no ranking da ATP. Atualmente, Bellucci, que já foi número 21 do mundo, é apenas o 293º e tem jogado apenas challengers já que seu ranking não o garante em torneios ATP e Grand Slams, enquanto Rogerinho é apenas 383º do mundo e não disputa um torneio profissional desde setembro.