Entretenimento

SBT quer Sandra Annenberg no lugar de Rachel Sheherazade

SBT quer Sandra Annenberg no lugar de Rachel Sheherazade

SBT busca uma contratação de peso para o lugar de Rachel Sheherazade. A apresentadora encerrará seu contrato com a emissora nas próximas semanas e, após punições e episódios de desobediência, não terá seu vínculo renovado após nove anos à frente do SBT Brasil. A substituta da jornalista, se depender de Silvio Santos, virá da Globo.

NaTelinha apurou que o SBT vem se aproximando da Sandra Annenberg, que está insatisfeita na Globo desde que deixou a bancada do Jornal Hoje, há um ano. “Escanteada” pelo canal carioca por ter sido deslocada para ler textos prontos no Globo Repórter, ela não vê perspectivas de crescimento porque não há projeto algum para ela. Além disso, a emissora tem privilegiado profissionais mais novas e “aposentado” do vídeo jornalistas como Sandra, de 52 anos.

Embora o SBT tenha definido Márcia Dantas como substituta de Sheherazade, a alta cúpula da emissora avalia que ela ainda não tem uma grife que possa agregar valor ao telejornalismo junto ao mercado publicitário. Apesar de ser prestigiada dentro do departamento de jornalismo, Márcia Dantas está como “tampão” até a chegada da apresentadora definitiva.

Namoro antigo

O ataque do SBT à concorrência não é novidade. Em 2005, Silvio Santos buscou na Globo uma apresentadora renomada, porém insatisfeita dentro da emissora: Ana Paula Padrão, primeira âncora do SBT Brasil.

Há pelo menos três meses, o SBT tem “paquerado” um forte nome do mercado para assumir a ancoragem do SBT Brasil no lugar de Sheherazade. Na ocasião, o NaTelinha publicou em primeira mão que uma jornalista com trajetória marcante na Globo tinha virado alvo de emissários do canal.

As conversas sigilosas entre o SBT e a jornalista se encontravam em estágio avançado. Além desta contratação, o canal reforçou seu quadro de repórteres e produtores para sua recém-lançada a plataforma digital de notícias, o SBT News.

O sacode no setor acontece quase um mês depois que Luiz Alberto Weber, ex-Folha, assumiu a direção de jornalismo da emissora em Brasília. Weber vem sendo muito bem avaliado no SBT e tem tomado a frente de decisões que antes cabiam unicamente a José Occhiuso, atual diretor nacional de jornalismo do SBT.