Entretenimento

Paola Carosella se desculpa após ser "cancelada" em discussão sobre comida

Paola Carosella se desculpa após ser

Segue rendendo a polêmica sobre alimentação saudável envolvendo a jurada do MasterChef Paola Carosella. Na manhã deste sábado (25/07), ela voltou ao Twitter e se desculpou por ter associado pessoas obesas a possíveis doenças. “Eu deveria ter usado a palavra ‘doentes’ no lugar de ‘obesos’. ‘Aquela que nos deixa doentes’. Isso foi o que muita gente quis me dizer e eu não entendi. Me desculpem”, defendeu-se. As informações são do Metrópoles

Muita gente concordou com o posicionamento da chef. “Gente, obesidade não é doença? Porque para mim a obesidade ultrapassa o sentido de está acima do peso, chegando o grau desse sobrepeso interferir na vida da pessoa! Então não entendo qual o erro da fala dela”, escreveu uma seguidora. 

Entenda a polêmica

A confusão com os seguidores começou há alguns dias, quando Paola criticou a rede KFC, que anunciou o lançamento de um nugget impresso em 3D. “Olha que linda sua comida do futuro. Parabéns aos envolvidos! Continuemos assim, que o futuro vai ter gosto de papelão molhado em cloroquina radioativa”, escreveu ela.

Apesar de alguns fãs concordarem, muitos também criticaram a postura da cozinheira e argumentaram que o alimento em questão não envolve sacrifício animal e ao meio ambiente.

Entenda a polêmica

A confusão com os seguidores começou há alguns dias, quando Paola criticou a rede KFC, que anunciou o lançamento de um nugget impresso em 3D. “Olha que linda sua comida do futuro. Parabéns aos envolvidos! Continuemos assim, que o futuro vai ter gosto de papelão molhado em cloroquina radioativa”, escreveu ela.

Apesar de alguns fãs concordarem, muitos também criticaram a postura da cozinheira e argumentaram que o alimento em questão não envolve sacrifício animal e ao meio ambiente.

Entenda a polêmica

A confusão com os seguidores começou há alguns dias, quando Paola criticou a rede KFC, que anunciou o lançamento de um nugget impresso em 3D. “Olha que linda sua comida do futuro. Parabéns aos envolvidos! Continuemos assim, que o futuro vai ter gosto de papelão molhado em cloroquina radioativa”, escreveu ela.

Apesar de alguns fãs concordarem, muitos também criticaram a postura da cozinheira e argumentaram que o alimento em questão não envolve sacrifício animal e ao meio ambiente.

Paola rebateu: “Me responde por favor: é feito de alimento ou de commodities? É feito por pessoas e suas famílias ou máquinas? Se é feito de commodities como você acha que foi produzido? Com agroecologia ou monocultura fertilizada? Esse tipo de agricultura planta água? Você sabia que a água se planta?”, escreveu.

A discussão com os seguidores acabou descambando para a saúde dos brasileiros e Paola defendeu a “comida de verdade, feita por pessoas”, as quais, segundo ela, são “saudáveis e não nos deixam obesos e hipertensos”. Logo após a afirmação, algumas pessoas interpretaram como gordofobia a fala da jurada da Band.

Paola, rapidamente, tratou de se defender das acusações. “Eu falei obesos, não gordos. Você acompanha os índices de obesidade das crianças no Brasil? A ONU a define como a ‘nova fome’ crianças obesas, diabéticas e subnutridas. Intoxicadas com comida de merda! Não estou falando de padrões de beleza aqui”, reforçou ela, recebendo apoio no Twitter.