Entretenimento

"MORRE SATANÁS": sem papas na língua, Whindersson Nunes rebate comentário de Bolsonaro

Whindersson Nunes não teve papas na língua no Twitter ao criticar o presidente da República, Jair Bolsonaro. Ele aproveitou uma notícia em que o mandatário dizia que “lamentava as mortes no Brasil, mas que era o destino de todo mundo”.

O humorista não se conteve e escreveu: “Então, morre, Satanás”, esbravejando contra o comentário do presidente.

Bolsonaro critica Rede Globo

No final do mês de maio, o vídeo da reunião ministerial que aconteceu em abril, rendeu bastante coisa, mesmo depois que ele foi divulgado.

Na época, em entrevista na porta do Palácio da Alvorada, Bolsonaro atacou veementemente a Rede Globo e ainda chamou a emissora de TV Funerária, em alusão ao fato que ela sempre divulga os números de mortos do coronavírus.

“Só divulgam notícia ruim! Que horas são? Já deu 20h30? 20h42. Já tem 12 minutos que está no ar a TV Funerária. TV Globo. TV Funerária. Morreu mais tantos. Aquela cara de freira arrependida. O outro lá, o William Bonner, ‘morreu não sei o que lá’. Tô até hoje aguardando a resposta dele se Roberto Marinho era ditador ou democrata”, disse o presidente da República.