Entretenimento

Live de Alok na Globo provoca barraco em condomínio de luxo em São Paulo

Live de Alok na Globo provoca barraco em condomínio de luxo em São Paulo

A live de Alok na Globo, programada para o próximo sábado (2), provocou barraco no condomínio de luxo em que ele mora no bairro do Brooklin, em São Paulo. Os vizinhos do DJ começaram uma discussão no grupo de WhatsApp após o artista sugerir o uso de um som potente para a ocasião. “Se tem pessoas que não querem e tal, eu respeito. Não quero ser inconveniente, nem incomodar ninguém”, disse ele após a confusão causada.

Alok mora em um condomínio de alto padrão composto por dois prédios. Ele se apresentou para os outros moradores e sugeriu a participação de todos na transmissão ao vivo.

“Para quem não conhece o meu trabalho, eu sou DJ. Estou gravando esse áudio porque a Globo me convidou para fazer uma live streaming no próximo sábado, dia 2 de maio. Teve Roberto Carlos, teve Ivete [Sangalo] e agora vai ser a nossa vez. Eu queria fazer um convite para vocês. Queria convidar todo mundo, quem tem interesse, claro, para participar da live”, disse ele no áudio.

“Cada um em seu apartamento mesmo, respeitando todas as normas de isolamento social. A gente tem a disponibilidade de um drone. Então, eu pensei do drone filmar a fachada do prédio. Vai estar na Globo, depois no Multishow, no Globoplay e YouTube. Vai ser multiplataforma, como foi a live da Ivete”, explicou.

Alok avisou que selecionou um som “bem menos potente” para não incomodar a vizinhança. “Mas se vocês quiserem, posso pedir um som um pouco mais potente para ter uma interação maior. Mas aí é com vocês. Prefiro deixar com vocês essa resposta”, informou.

Foi nessa sugestão dada pelo DJ que os vizinhos começaram a discussão. Alguns entenderam que seria um grande evento com barulho ensurdecedor. Em seu Instagram, ele também não facilitou a compreensão ao convocar seus seguidores com a frase: “A minha casa vai virar uma festa rave, e a casa de vocês também”. Criou-se, então, um estardalhaço no condomínio de luxo.

O artista precisou voltar ao grupo de WhatsApp para enviar um novo áudio. Desta vez, pedindo o fim do barraco entre moradores e avisando que fará o show virtual diretamente de sua casa.

“Eu poderia escolher qualquer lugar para fazer essa live. Para mim, só faz sentido se for aqui em casa com vocês. Está todo mundo no mesmo barco. Estamos passando pelas mesmas coisas. Já que eu posso trazer um pouquinho de alegria para cá, eu faria aqui”, ponderou.

“Eu não quero ser ferramenta para nenhum tipo de discórdia entre nós, por favor. A minha intenção é totalmente o contrário disso. Quero ser ferramenta, um instrumento para nossa união e para nossa celebração neste momento [de quarentena] que a gente está passando”, analisou.

Na gravação, ele informou que respeitará quem não deseja o som alto. “A gente vai conseguir fazer uma festa legal com cada um em sua casa, com as limitações. Não tem problema. Eu só não queria, por favor, que a gente entrasse em discórdia por isso. Pelo que estou vendo e fico muito grato e feliz em saber, a maioria quer que eu faça a live aqui. Então, vou persistir em fazer a live aqui”, avisou.

Alok confirmou a discussão inicial gerada por causa de sua transmissão ao vivo na Globo. “Os vizinhos foram muito cordiais e apenas pediram mais informações sobre como seria a live. Ao serem informados, ficou tudo resolvido”, resumiu.

O show de Alok seguirá os mesmos moldes do de Ivete: entrará simultaneamente na Globo, Multishow, Globoplay, nas redes sociais da emissora e do próprio DJ. A Globo, no entanto, mostrará apenas as primeiras músicas da performance, que se iniciará às 22h30, logo após a novela Fina Estampa.