Entretenimento

'Final de carreira decadente': afirma ator paraibano sobre a ida de Regina Duarte para Secretaria da Cultura

'Final de carreira decadente': afirma ator paraibano sobre a ida de Regina Duarte para Secretaria da Cultura

O ator paraibano Luiz Carlos Vasconcelos, que faz parte do elenco da novela da Globo “Amor de Mãe”, falou sobre os desafios dos artistas em tempo de pandemia e repercutiu a ida de Regina Duarte para ocupar o cargo  na secretária da Cultura, no governo Bolsonaro, recentemente Regina deixou o cargo.

O ator, que foi o entrevistado do Programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação, afirmou que não sabe os motivos que levaram a atriz a assumir a pasta, uma vez que o Governo de Jair Bolsonaro nunca se preocupou com a cultura. “

“Espero que ela um dia, possa lamentar profundamente, como eu me associo a um governo que esta claramente se vingando dos artistas que se posicionaram contra ele na campanha, como eu entro nisso?,” questionou.

Luiz Carlos destacou que ao se aliar com o governo Bolsonaro, Regina traçou um fim de carreira totalmente sombrio e decadente.

“É um final de carreira totalmente sombrio e decadente, algo terrível que eu não quero para mim nem para ela, defender tortura, defender a ditadura, é um preço que paga pela própria opção ideológica.”

Ele destaca que o governo Bolsonaro destruiu a cultura, uma das atitudes foi quando fechou o ministério e transformou a cultura em uma secretaria.

Questionado se já existe uma data para retomar as gravações das novelas na Globo, ele disse que ainda não existe nada certo.

Confira a entrevista na integra