Entretenimento

Com novo capítulo do caso sítio, Lula tem nova vitória na série de embates com Lava Jato

Com novo capítulo do caso sítio, Lula tem nova vitória na série de embates com Lava Jato

 ​​

O​ ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu mais uma batalha, ainda que temporariamente, na sequência de embates que trava com a Operação Lava Jato.

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Leopoldo de Arruda Raposo, a pedido da defesa do petista, suspendeu um julgamento marcado para esta quarta-feira (30) no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) que tinha a concordância do Ministério Público Federal e a contrariedade de Lula.

Os juízes da corte regional analisariam uma questão referente ao processo do sítio de Atibaia (SP) que poderia anular a condenação de Lula nesse caso em primeira instância.

A própria Lava Jato havia se manifestado a favor da anulação da sentença, em razão de decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) pela qual réus delatados têm direito de falar por último, depois dos réus delatores, para terem a chance de se defender de todas as acusações.

A defesa de Lula, porém, via no julgamento a tentativa de retroceder a ação apenas à fase de alegações finais na primeira instância (momento anterior à sentença), enquanto seu objetivo é a anulação do processo inteiro.

O petista foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia pela 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, que julga as acusações de desvio e corrupção na Petrobras.

A pena foi fixada em 12 anos e 11 meses de prisão pela juíza substituta Gabriela Hardt, em fevereiro deste ano. A decisão ainda não foi analisada em segunda instância.