Entretenimento

Cassio Castilhol, ex de Perlla, se pronuncia sobre acusação de ter vazado fotos íntimas da cantora

Cassio Castilhol, ex de Perlla, se pronuncia sobre acusação de ter vazado fotos íntimas da cantora
    Reprodução

O ex-marido da cantora Perlla, Cassio Castilhol, que está envolvido em uma verdadeira confusão, resolveu se pronunciar sobre a mais nova polêmica que foi envolvido nestes últimos tempos. As informações são do Área VIP.

É que, o professor de música vem recebendo há pouco mais de seis meses fotos íntimas da cantora. Cassio Castilhol, no entanto, foi acusado de ter vazado as fotos para prejudicar a imagem de Perlla.

Em entrevista ao jornal carioca Extra, o artista se pronunciou sobre o assunto e comentou que as fotos foram prints de tela feitos no aplicativo Bigo Live, onde as pessoas ganham dinheiro de estranhos para ‘se exibir’.

“Fotos íntimas delas eu não tenho mais, porque troquei de aparelho celular. Mas mesmo se tivesse, não vazaria. Agora, o que tenho vistos são prints dela no próprio aplicativo Bigo Live. E essas imagens com os peitos de fora, recebi de amigos quando estava casado com ela. Cheguei a mostrar, mas ela disse que foi um descuido”, iniciou ele, que continuou: “Mas o que pode vazar são imagens que ela pode ter mandado para alguém. Não sei se ela fez isso, mas que ela negociou nudes eu tenho como provar. O que ela fez depois daquilo ali, só ela e Deus que sabem”, afirmou.

O rapaz inclusive descreveu uma das imagens: “Tem uma (foto) que ela está com um colarzinho rosa e com os peitos de fora. Aquilo chegou no meu WhatsApp há seis meses. Agora, eu não fiz nada. Meu celular tá aqui para a polícia periciar se for preciso”.

O ex-marido de Perlla continuou afirmando que quer se livrar de vez dela: “Nem cito mais ela no Instagram para nada. Ela me acusou de ameaçá-la de morte, falou que eu tenho arma. E eu tenho provas que a minha arma é de airsoft (réplicas de armas reais, usadas em esportes). Ela não tem provas que eu ameacei ela de morte. Porque falar “eu vou te matar” é ameaça de morte. Agora, falar “eu quero que você morra” não é ameaça, é um desejo. E isso eu falei mesmo”.