Entretenimento

Carnaval de São Paulo | Desfile é interrompido

Carnaval de São Paulo | Desfile é interrompido

Um dos carros alegóricos da Dragões da Real, o abre-alas Ataque de Riso, enroscou na fiação elétrica na área de dispersão do Anhembi e atrasou o desfile da Mancha Verde, a quarta escola na ordem dos desfiles do primeiro dia do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo.

Caminhões da Enel, empresa distribuidora de energia de São Paulo, fizeram um isolamento e um aterramento no local para evitar um apagão geral no Sambódromo. O procedimento já atrasa o desfile da Mancha Verde em cerca de 30 minutos.

Segundo Serginho Ferreira, presidente da Liga de Escolas de Samba de São Paulo, parte do carro da Dragões será desmontado para não arrebentar a fiação. O processo é feito com cautela para não ocorrer um acidente mais grave.

A Dragões da Real não deve ser punida pelo acidente, já que o desfile já havia encerrado no momento que o carro enroscou nos fios, na dispersão. Ao vivo na Rede Globo, Serginho declarou que os fios têm altura padrão de 16 metros e o fio que enroscou no carro teria "arriado" por causa das chuvas dos últimos dias. O carro alegórico da Dragões da Real teria pouco mais de 15 metros de altura.

O Sambódromo de São Paulo se viu tomado por um congestionamento de carros alegóricos, já que o problema aconteceu com a primeira alegoria da escola, que já havia concluído o desfile com seus cinco carros.