Entretenimento

Cantor morre ao atirar em si mesmo por engano gravando clipe com arma

Cantor morre ao atirar em si mesmo por engano gravando clipe com arma

justin carter - Cantor morre ao atirar em si mesmo por engano gravando clipe com arma

A imprensa dos Estados Unidos noticiou nesta quinta-feira (21) a trágica morte do cantor Justin Carter. Considerado uma estrela da música Country em ascensão, o artista de 35 anos atirou em si mesmo acidentalmente.

Cindy McClellan, mãe de Carter, disse que ele estava gravando um novo clipe em Houston, no Texas, quando tirou uma arma de seu bolso e “atirou em seu olho”. A arma estava sendo usada no vídeo. As informações são da Fox News.

“Ele era uma pessoa maravilhosa, muito amoroso e amava muito nosso Deus”, disse McClellan. “Ele tinha uma Bíblia em seu quarto e outra me seu caminhão”, acrescentou a mãe do cantor, dando ênfase à religiosidade do filho.

De acordo com McClellan, seu filho estava prestes a embarcar em uma turnê por 10 estados nos EUA depois de fechar recentemente um acordo com a produtora ‘Triple Threat Management’.

“Ele simplesmente amava a música, era muito talentoso e, por Deus, sua voz era espetacular”, disse McClellan, acrescentando que Carter queria alcançar sucesso na música para “cuidar da sua família”.

De acordo com a página de Carter no Facebook, ele nasceu e foi criado no Texas. Um dos empresários do cantor disse que Justin Carter “tinha muito potencial para ser um próximo Garth Brooks”, citando a maior estrela do estilo.

“Por favor, mantenha a família de Justin em suas orações e dê privacidade neste momento difícil. Justin não está mais conosco, ele foi embora. Sentiremos saudade de você, que sempre foi cheio de alegria, riso e amado por tantas pessoas em sua vida”, disse a família em um post no Facebook do cantor.

Justin Carter deixa duas filhas pequenas, Dixie e Kaylee.

Fonte: Pragmatismo Político

Créditos: Pragmatismo Político