Entretenimento

Após cinco anos do acidente, herança do cantor Cristiano Araújo causa polêmica na família

Após cinco anos do acidente, herança do cantor Cristiano Araújo causa polêmica na família

Em 24 de junho de 2015, o cantor Cristiano Araújo retornava de um show na cidade de Itumbiara, localizado no sul do estado de Goiás, quando sofreu um acidente de carro na BR-153. O trágico ocorrido interrompeu a trajetória de sucesso do sertanejo – que vivia o seu auge – e matou mais três vítimas: a sua namorada que o acompanhava no veículo, o motorista Ronaldo Miranda e o empresário Vitor Leonardo.

Na época, o fato comoveu todo o país, deixou toda a classe musical em luto e teve uma extensa cobertura jornalística do velório das vítimas em todos os veículos de comunicação.

Cinco anos depois, a questão da sua herança continua rendendo muita polêmica na família. Isso porque o Fofocalizando obteu com exclusividade a informação de que todo o patrimônio deixado por Cristiano Araújo não é toda aquela fortuna que os jornais mostravam. A realidade é bem diferente!

Apesar do cantor ter feitos vários shows meses antes de sua morte, os seus bens não ultrapassam mais de R$ 4 milhões de reais, o inventário não está concluído até hoje e ele deixou muitas dívidas por conta da sua carreira meteórica.

O resultado é a frustração dos dois filhos e o herdeiro direto que receberam, de fato, um valor menor do que se estimava. Confira abaixo todos os detalhes do caso no Fofocalizando desta terça-feira (21):