Educação

Pandemia é tempo de aprender a desenhar nos cursos online

Pandemia é tempo de aprender a desenhar nos cursos online

Gustavo Gaspar Ferreira, de 19 anos, sempre gostou de desenho, mas queria se dedicar especificamente à animação. O jovem aproveitou o isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus para dedicar seu tempo em cursos online.

"Aproveitei o tempo livre para fazer cursos, trabalhava em um estúdio de design, mas com a pandemia as atividades pararam", conta o estudante. "Decidi me especializar mais na área de animação, meu sonho é trabalhar em um estúdio."

A procura por cursos online tem crescido nos últimos meses, de acordo com Fernando Mendonça, do Combo Estúdio. Segundo ele, houve um aumento de 33% de inscrições nesses últimos três meses, se comparados aos três meses anteriores ao isolamento.

"Mesmo com a pandemia, o mercado de animação não parou e temos dificuldades em encontrar profissionais qualificados", explica Mendonça. "Muitas pessoas sabem desenhar, mas não sabem animar e criamos o curso para suprir essa demanda e o resultado é positivo."

Para o professor Valdo Rechelo, da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, em São Paulo, nada substitui a presença do professor, mas é possível aprender com as aulas virtuais. "Nas aulas online perdemos o contato que temos no ateliê, a troca entre professor e aluno, mas podemos focar em outros aspectos que são importantes, trazer novas referências e história da arte, por exemplo."

Rechelo destaca que independente da plataforma, "sempre vale o olhar o crítico do aluno com relação a aula, um bom profissional pode estar no online ou presencial, sempre importante buscar referências sobre os cursos."