Economia

Secretário de Covas insatisfeito com TCM por venda do Anhembi

Secretário de Covas insatisfeito com TCM por venda do Anhembi

O secretário de Governo de São Paulo, Mauro Ricardo, está muito irritado com o Tribunal de Contas do Município. Em setembro, a Corte não acatou pedido de Ricardo para reduzir o valor mínimo do leilão do complexo do Anhembi, fixado em 1,45 bilhão de reais. Por este preço, não houve interessados.

Quem tem travado as tentativas de redução é o vice-presidente do TCM Roberto Braguim. Ricardo não quer nem ouvir falar no seu nome.

(ATUALIZAÇÃO – O secretário entrou em contato com a coluna para informar o que se segue: Não estou de forma alguma irritado com o TCM. Solicitei ao seu presidente a constituição de uma mesa técnica para apresentarmos os nossos argumentos em relação ao preço mínimo para alienação do controle acionário da SPturis e estamos aguardando o agendamento da reunião. Tenho o maior respeito pelo conselheiro Braguim e por todos os demais conselheiros e servidores do TCM).