Economia

QUEM QUER DINHEIRO? Silvio Santos tem nome cadastrado no auxílio emergencial do governo

QUEM QUER DINHEIRO? Silvio Santos tem nome cadastrado no auxílio emergencial do governo

Após o filho do jornalista William Bonner ter o nome envolvido no pedido do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal, que tem como objetivo auxiliar as pessoas que não conseguem renda durante a crise causada pelo novo coronavírus, agora foi a vez do apresentador e dono do SBT,  Silvio Santos, ter o seu nome cadastrado no projeto.

A solicitação do socorro governamental, entretanto, pode ser feita por qualquer pessoa. Basta ter um telefone celular válido e dados pessoais do solicitante, como número de CPF e nome completo da mãe.

O filho do âncora do Jornal Nacional e o dono da rede de lojas Havan, porém, foram alvos de fraude. Eles já vieram a público esclarecer que seus dados pessoais estavam disponíveis no Google e acabaram sendo utilizados sem autorização por terceiros.

No caso de Silvio Santos, entretanto, a situação pode ser diferente. A denúncia de que o dono do Baú teria solicitado o socorro da ferramenta criada em decorrência do novo coronavírus foi feita pela conta @Konther no Twitter há duas semanas, na noite de 23 de maio.

A reportagem procurou o departamento de comunicação do SBT, que afirmou que “a solicitação só pode ser uma brincadeira”. A Coluna Leo Dias, porém, conversou também com profissionais da assessoria de imprensa do empresário.

“Ele está precisando tanto que deve ter sido ele mesmo”, revelou um dos funcionários de Silvio Santos, sob a condição de anonimato. Diante disso, fica a dúvida: será que o empresário realmente topa tudo por dinheiro?