Economia

Para arrecadar dinheiro em vaquinha, criminosos usam nome de blogueira que cometeu suicídio

Para arrecadar dinheiro em vaquinha, criminosos usam nome de blogueira que cometeu suicídio

Uma vaquinha intitulada ‘Ajude a Alinne Araújo e familiares’ chamou a atenção de muita gente na tarde desta quarta-feira (17). A ação, que pede dinheiro para pagar gastos com velório, enterro e cerimônias no entanto da blogueira Alinne Araújo, é falsa; denuncia Dayana Rosa, amiga da blogueira.

Nos Stories do Instagram, Rosa negou que a família de Alinne precise de ajuda financeira. A influencer morreu na segunda-feira (15) após pular do nono andar do prédio em que morava, no Rio de Janeiro, um dia após se casar consigo mesma no domingo (14), após ser abandonada pelo noivo, Orlando Costa, no sábado (13). Ele terminou tudo por mensagem de texto em aplicativo.

“Estou vindo aqui falar porque está difícil pra caramba e ainda tem seres humanos desprezíveis que estão fazendo perfis da Alinne e do Orlando também, perfis falsos, pedindo ajuda pra vaquinha de enterro. Isso é tudo mentira! Por favor, denunciem! Por favor, mesmo!”, iniciou.

Ninguém da família dela precisa de ajuda pra nada. A gente precisa agora é de sossego e paz. Vou deixar um print do perfil e da vaquinha. Denunciem! Não acreditem nessa vaquinha porque é mentira”, disse ela.

Fonte: Observatório dos Famosos

Créditos: Observatório dos Famosos