Economia

Órgão do Cade recomenda punir Rumo por pratica anticompetitiva

Órgão do Cade recomenda punir Rumo por pratica anticompetitiva

A Superintendência-Geral do Cade decidiu nesta quarta recomendar ao tribunal do Cade a condenação da Rumo Logística Operadora Multimodal e América Latina Logística S.A. no processo movido no órgão pela Agrovia S.A.

O órgão decidiu mandar o caso ao tribunal por entender que a Rumo cometeu infração à ordem econômica a partir da interdição do Pátio de Santa Adélia (SP) em razão da ausência de manutenções e reparos que eram de responsabilidade da própria Rumo.

Ao levar o caso ao Cade, a Agrovia alegou que a companhia responsável pela malha estaria abusando de sua posição dominante para criar dificuldades ao seu funcionamento, uma prática anticompetitiva.

A Superintendência-Geral concordou com as alegações da empresa e propôs uma pesada multa à companhia por entender que tal situação teria configurado abuso de poder para criar dificuldades ao funcionamento da empresa concorrente.