Economia

OPERAÇÃO CALVÁRIO: Ricardo Coutinho é flagrado tratando sobre repasses de dinheiro para agentes públicos do Estado

OPERAÇÃO CALVÁRIO: Ricardo Coutinho é flagrado tratando sobre repasses de dinheiro para agentes públicos do Estado

Os trechos das interceptações telefônicas contidas na decisão proferida pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida comprometem o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). O ex-gestor, em diálogo com o empresário Daniel Gomes da Silva, da Cruz Vermelha Brasileira, foi flagrado com questionamentos sobre os repasses de dinheiro para agentes públicos do Estado.

1E25301D 3A33 417B 834A E8C117B92CB2 203x300 - OPERAÇÃO CALVÁRIO: Ricardo Coutinho é flagrado tratando sobre repasses de dinheiro para agentes públicos do Estado

2E7BD8C2 250E 4835 BE78 ACB915BB2161 232x300 - OPERAÇÃO CALVÁRIO: Ricardo Coutinho é flagrado tratando sobre repasses de dinheiro para agentes públicos do Estado

Veja a lista dos alvos de mandado de prisão:

1. Ricardo Vieira Coutinho (PSB) 2. Estela Bezerra (PSB) 3. Márcia Lucena (PSB) 4. Waldson de Souza 5. Gilberto Carneiro 6. Cláudia Veras 7. Coriolano Coutinho 8. Bruno Miguel Teixeira 9. José Arthur Viana 10. Breno Dornelle Pahim 11. Francisco das Chagas Pereira 12. Denise Krummenauer Pahim 13. David Clemente Correia 14. Márcio Nogueira Vignoli 15. Valdemar Ábila 16. Vladmir dos Santos Neiva 17. Hilário Ananias Queiroz Nogueira

Diligências Estão sendo cumpridos 17 mandados de prisão preventiva e 45 de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Federal nas cidades de João Pessoa/PB, Campina Grande/PB, Cabedelo/PB, Bananeiras/PB, Taperoá/PB, Goiânia/GO, Parnamirim/RN, Natal/RN, Curitiba/PR e Niterói/RJ. Participam da operação 350 policiais federais, 30 servidores da CGU, 6 Promotores de Justiça e 34 servidores do Gaeco.

A ação é coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, e conta com auxílio da Polícia Federal e da Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal.