Economia

Estudo revela que 85% das empresas perderam receita na pandemia

Estudo revela que 85% das empresas perderam receita na pandemia

Um estudo inédito com 500 empresas B2B — empresa que tem como clientes outras empresas — do país aponta que 85% delas tiveram redução nas receitas após o início da pandemia. Além disso, 74% das empresas estão com maior dificuldade para prospectar novos negócios.

O estudo revela ainda que 83% das empresas registraram diminuição na geração de leads pelos canais habituais (marketing digital e indicações), sendo que mais da metade delas sofreu uma queda acima de 25% nos leads receptivos – por exemplo, gerados via site. Como reflexo da redução na demanda, 73% das companhias também notaram uma menor produtividade no time de vendas.

Para enfrentar o cenário adverso, 89% das companhias entrevistadas intensificaram as ações de prospecção ativa nos últimos dois meses. Aliás, 5% delas relatam que adotaram a estratégia há menos de um mês e 27% utilizam há pouco menos de seis meses.

“Diferente do vendedor de loja física que aguarda a vinda dos clientes, os negócios B2B, na maioria dos casos, precisam atrair e captar possíveis interessados de forma ativa. Com as pessoas fora do escritório e a maioria das organizações cortando o orçamento de mídia paga, ficou mais difícil para os profissionais de vendas do setor realizar o trabalho”, explica Ricardo Corrêa, CEO da Ramper.

O levantamento é da Ramper, uma plataforma de prospecção digital, e procurou avaliar os impactos da pandemia na área de vendas das empresas B2B. O estudo contou com a participação de 500 companhias do país, de todos os portes. Entre as companhias participantes, 30,1% são do setor de tecnologia, 27,4% da área de serviços, 12,4% especializadas em marketing, 4,8% em educação e 3,8% indústrias. Outros segmentos representam 21,4%.