Economia

Comércio online deve representar metade das vendas da varejista Le Biscuit

Comércio online deve representar metade das vendas da varejista Le Biscuit

A aposta que a Le Biscuit fez no comércio eletrônico já estava definida bem antes da pandemia, mas se mostrou a mais acertada com a chegada dela. Uma das maiores redes de varejo do país, com forte presença no Nordeste, a Le Biscuit decidiu investir R$ 25 milhões em uma nova plataforma de e-commerce exatamente porque acredita que o caminho para a conquista dos consumidores se dá hoje pela internet.

A expectativa do CEO David Lee é que o comércio digital responda por mais da metade de todas as vendas da empresa. E olha que a Le Biscuit conta com 140 lojas de departamentos em 14 Estados brasileiros.