Economia

Acionistas da Netshoes aprovam compra da empresa pelo Magazine Luiza

Acionistas da Netshoes aprovam compra da empresa pelo Magazine Luiza

Uma assembleia de acionistas da Netshoes aprovou nesta sexta-feira, 14, a proposta de compra da companhia feita pelo Magazine Luiza, por cerca de 442 milhões de reais. O oferta mais recente da rede varejista foi de 3,70 dólares por ação, atingindo um montante de 114,9 milhões de dólares. A empresa vinha sendo alvo desde abril de uma disputa acirrada lance a lance para a sua compra entre o Magazine Luiza e o Grupo SBF, dono da rede de lojas Centauro

Segundo comunicado do Magazine Luiza, a compra da Netshoes, empresa de comércio eletrônico de artigos esportivos, será concluída até 19 de junho. A oferta foi aprovada por 90% dos acionistas da Netshoes, informou a rede de varejo brasileira.

O conselho de administração da Netshoes informou não ter tido condições de avaliar a tempo a nova oferta de compra recebida pela dona da Centauro, na quinta-feira à noite, mantendo a recomendação pela oferta anterior do Magazine Luiza. Na quinta-feira 13 à noite, a Centauro apresentou uma nova oferta, de 127 milhões de dólares, o equivalente a 4,10 dólares por ação.

A Netshoes abriu o capital na bolsa de Nova York em 2017, precificando cada ação a 18 dólares. Na época, a empresa captou cerca de 140 milhões de dólares. No entanto, um ciclo de queda das receitas e prejuízos enfraqueceu seu perfil financeiro. As ações do Magazine Luiza tinham valorização de 2%, às 14h30, entre as principais altas do Ibovespa. Os papeis da Netshoes, em Nova York, caíam 2,6%, em linha com a oferta vencedora do Magazine Luiza. Já as ações da Centauro mostravam queda de 1,7%.

No fim de abril, o Magazine Luiza já havia anunciado o acordo com a Netshoes, pela aquisição por 2 dólares por ação, somando aproximadamente 62 milhões de dólares (244 milhões de reais). Uma reunião de acionistas estava marcada para o dia 30 para decidir pelo aval ou não da negociação.

No entanto, no dia 23 de maio, a Centauro entrou na briga e fez uma proposta de 2,80 dólares por ação, numa operação que chegaria a 87 milhões de dólares (352 milhões de reais), proposta 40% maior que a do Magazine Luiza.

Três dias depois, o Magazine Luiza cobriu a oferta, oferecendo 3 dólares por ação, o que daria aproximadamente 93 milhões de dólares (cerca de 375 milhões de reais). Por fim, a própria Centauro fez uma nova proposta de 109 milhões de dólares (421 milhões de reais), o equivalente a 3,50 dólares por ação.

Na terça-feira, 12 de junho, a Centauro elevou novamente a proposta para 3,7 dólares por ação, após o conselho da Netshoes recomendar aos acionistas a aprovação da proposta do Magazine Luiza na semana anterior.

Na quinta-feira, 13, o Magazine Luiza ofereceu 3,70 dólares por ação da companhia, igualando o que era até então a última proposta da Centauro. No mesmo dia, à noite, a Centauro contra-atacou, propondo desembolsar  4,10 dólares por ação, mais do que o dobro da proposta inicial.

(Com Reuters)